« Home | Conversas reais I » | 10 coisas simplesmente boas da vida » | Chuva » | Recordações » | Mundos » | A sério?! » | Sexta feira » | Auto-semelhança » | Está aí alguém? » | Capitão » 

sexta-feira, novembro 04, 2005 

Cartas



Sempre gostei de escrever cartas. De escrever e de receber... Quando era mais nova escrevia muitas cartas. Era esse o único meio de comunicação com quem estava longe. Agora acho que poucas pessoas já as escrevem. Os telefones e principalmente os telemóveis vieram acabar com esse hábito. Se perguntarmos a um adolescente se costuma escrever ou receber cartas, decerto que a resposta é “claro que não, que disparate!”. É uma pena pois as cartas têm algo de mágico. A sensação de ir à caixa do correio e ver que temos uma carta, abri-la, sentir o cheiro do papel e ir lendo as notícias linha a linha é algo que as mensagens de telemóvel, tão em voga (e tão práticas), não conseguem transmitir.

E vemos a caligrafia da pessoa que nos escreve. Não sei bem porquê, mas como a caligrafia é algo tão pessoal, para mim é quase como se a pessoa estivesse ao meu lado a falar comigo.

Agora há mails, o que é bem melhor, mais barato, mais ecológico e mais eficaz... É a inovação teconológica!

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! » »

Looking for information and found it at this great site... film editing classes

Enviar um comentário

Links para este post

Criar uma hiperligação